A noite em que o Benfica abateu o gigante Barcelona

A noite em que o Benfica abateu o gigante Barcelona com um bis de Darwin e um golo de Rafa. Fez-se história no Estádio da Luz

Partilhe esta notícia

Autor: Horta e Costa | 29 de Setembro de 2021

Fez-se história na Luz depois do Benfica aplicar ‘chapa 3’ ao Barcelona em partida da segunda jornada da Champions. 60 anos depois, os encarnados voltaram a vencer os catalães.

Era o jogo para colocar a invencibilidade à prova. O Barcelona sim, mas sem o génio Messi, em reconstrução, mas sempre o gigante europeu.

O momento era de confiança para os homens de Jesus, perante sete vitórias consecutivas na Liga. Perante um Barça sem a sua grande figura, num período complicado – Vinha de três vitórias e três empates em seis jogos no campeonato espanhol – era sim real a possibilidade dos encarnados poderem somar três pontos.

Que partida da equipa encarnada! Escrevam a data: 29/09/2021, o dia em que os encarnados bateram o Barcelona por 3-0. Só por uma vez o Benfica tinha vencido o Barcelona e em campo neutro, na década de 60, ano em que conquistou a Liga dos Campeões. Desta feita: Os encarnados não só venceram, mas aplicaram ‘chapa 3’.

Onzes: Para a partida frente ao Barcelona, os encarnados colocaram o mesmo onze que tinha vencido o V. Guimarães. Por sua vez, num Barcelona que se apresentava desfalcado, sem homens por exemplos como Jordi Alba ou Braithwaite, Koeman mudou quatro pedras: Saíram Gavi, Mingueza, Nico González e Coutinho e entraram Pedri, Araújo, Sergi Roberto e Frenkie.

Se há entradas que fazem sonhar, arranques que impulsionam os adeptos, foi o exatamente o que o Benfica fez nos primeiros minutos da partida. E não houve melhor forma de começar do que marcar a um histórico…logo aos três minutos. A um histórico que se sentiu tão órfão, tão perdido, longe dos melhores dias, mas ainda assim o Barcelona.

Partilhe esta notícia

Leia também