incendio monchique, "/>
últimas

Acessos a Monchique cortados devido a incêndio

Publicado por Mtv notícias | Lusa em 8 de Agosto de 2018 | 22:12

Fonte do comando-geral da GNR informa que acessos a Monchique por Portimão e São Marcos cortados devido a incêndio

Incêndio em Monchique

Siga-nos através do Facebook

O trânsito na Estrada Nacional (EN) 266 entre Portimão e Monchique encontra-se cortado, bem como na 267 entre Nave e Marmelete e São Marcos e Monchique e na EN124 entre Silves e S. Bartolomeu de Messines, segundo as autoridades.

Fonte do comando-geral da GNR, adiantou à Lusa, que o trânsito foi cortado, igualmente, em algumas outras estradas municipais que rodeiam a vila de Monchique, mas que às mesmas só se tem acesso pelas Estradas Nacionais cortadas.

O incêndio que deflagrou na sexta-feira em Monchique, lavra seis dias depois também nos concelhos de Portimão e Silves.

Segundo um balanço feito hoje de manhã e que não foi alterado, há 32 feridos, um dos quais em estado grave (uma idosa internada em Lisboa), e 181 pessoas mantêm-se deslocadas, depois da evacuação de várias localidades.

De acordo com o Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais, as chamas já consumiram mais de 21.300 hectares. Em 2003, um grande incêndio destruiu cerca de 41 mil hectares nos concelhos de Monchique, Portimão, Aljezur e Lagos.

Na terça-feira, ao quinto dia de incêndio, as operações passaram a ter coordenação nacional, na dependência direta do comandante nacional da Proteção Civil, depois de terem estado sob a gestão do comando distrital.

Às 22:00 estavam mobilizados para o combate às chamas mais de 1.300 operacionais e quase 400 meios terrestres, segundo a página da Proteção Civil.


Deixe o seu comentário

Leia também

Notícias relacionadas
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE