Angola: Presidente angolano exonera embaixador em Portugal

Publicado por Horta e Costa em 23 de Abril de 2018 | 14:13

Até ao momento, ainda não foi avançado qualquer nome para suceder a José Marcos Barrica no cargo de embaixador da República de Angola em Portugal… [ ]

Até ao momento, ainda não foi avançado qualquer nome para suceder a José Marcos Barrica no cargo de embaixador da República de Angola em Portugal


O presidente angolano, João Lourenço, exonerou esta segunda-feira o embaixador da República de Angola em Portugal, José Marcos Barrica. A exoneração acontece numa altera de grande tensão diplomática entre Portugal e Angola e até ao momento ainda não foi avançado qualquer nome para suceder ao embaixador.

Numa nota da Casa Civil do Presidente da República de Angola, João Lourenço explica apenas que José Marcos Barrica “havia sido nomeado para as funções que agora cessam em abril de 2009”.

No início do ano, o presidente angolano afirmou que as relações entre Angola e Portugal vão “depender muito” da resolução do processo do antigo vice-presidente angolano, Manuel Vicente, suspeito de corrupção e branqueamento de capitais. João Lourenço considerou “uma ofensa” para o seu país a forma como a Justiça portuguesa lidou com o caso.

O Ministério Público acredita que Manuel Vicente (que à data dos factos era presidente da Sonangol) terá, através do advogado Paulo Blanco e do testa-de-ferro Armindo Pires, corrompido o antigo procurador Orlando Figueira com o pagamento de 700 mil euros para que este arquivasse uma investigação à compra de um apartamento de luxo no Estoril.

Deixe o seu comentário

Siga-nos através das redes sociais

últimas
Leia também