agricultura, , , , , "/>
últimas

Apoios ao desenvolvimento rural termina em 2023

Publicado por Horta e Costa em 17 de Janeiro de 2019 | 21:13

Contrariamente ao que a CAP afirma, o período para utilizar as verbas do Programa de Desenvolvimento Rural [PDR 2020] termina em 2023 e não em 2020

Hidroponia - agricultura

Siga-nos através do Facebook




O Ministério da Agricultura respondeu hoje às críticas da CAP – Confederação de Agricultores de Portugal sobre atrasos na execução do Programa de Desenvolvimento Rural, esclarecendo que o período para utilização dos apoios termina em 2023 e não 2020.

“A CAP está a criticar neste momento a execução de um programa cujo encerramento terá lugar apenas em 2023”, reage o Ministério de Capoulas Santos em comunicado.

“Contrariamente ao que a CAP afirma, o período para utilizar as verbas do Programa de Desenvolvimento Rural [PDR 2020] termina em 2023 e não em 2020”, uma vez que este último é referente ao limite para contratação de projetos, cuja execução poderá estender-se até 2023, acrescenta a tutela.

A resposta surge depois de o presidente da CAP, Eduardo Oliveira e Sousa, ter reafirmado hoje, em Vila Flor, Trás-os-Montes, que Portugal poderá ter de devolver dinheiro à União Europeia (UE) por falta de execução das ajudas comunitárias.

Segundo o Ministério da Agricultura, “quem devolveu dinheiro a Bruxelas por não utilização (mais de 20 milhões de euros) foi o anterior governo, situação que mereceu, nessa altura, o elogio da CAP, que se esqueceu de alertar os agricultores para o problema no momento adequado”.

O ministério de Capoulas Santos salienta ainda que a taxa de execução do PDR 2020 “apresenta um avanço de oito meses comparativamente a igual período de execução do programa gerido pelo anterior governo”.

“Portugal está, neste momento, entre os Estados-membros da União Europeia com melhor nível de execução do Programa de Desenvolvimento Rural, tendo já ultrapassado a fasquia dos 50% de execução (51,3%)”, reafirma a tutela.

Segundo avança, estão já “contratados e pagos, ou a pagamento, mais de 29 mil projetos, a que corresponde um apoio público superior a 2 mil milhões de euros para um investimento total que ultrapassa os 3,2 mil milhões de euros”.


Deixe o seu comentário

Leia também

Notícias relacionadas
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE