CGD encerra 23 agências bancárias

Com lucros de 486 milhões de euros, a CGD vem agora anunciar o encerramento de 23 agências bancárias em todo o país

Susana Garcia denuncia CGD
Autor: Adília Vieira | 28 de Agosto de 2022

A CGD (Caixa Geral de Depósitos), como banco público que é, possui responsabilidades, nomeadamente, de cariz social para com as populações.

Em junho deste ano, a CGD apresentou lucros de 486 milhões de euros, mais 65% comparativamente ao ano anterior. Vem agora anunciar o encerramento de 23 agências bancárias em todo o país, 2 das quais na nossa cidade da Amadora. A denúncia é feita pela vereadora Susana Garcia na sua página do Facebook.

“A Agência da CGD da Mina de Água (R. Olivença 3, 2700-622 Amadora) e da Quinta Grande, em Alfragide (Av. Q.ta Grande 91 Lj B, 2610-284 Amadora) encerraram portas a 26 de agosto.

Tais encerramentos prejudicam gravemente a vida dos Amadorenses, principalmente, da população idosa, que se vê privada do acesso facilitado a serviços bancários, tendo por isso de se deslocar até outros balcões.

Temos vindo a denunciar o fecho sucessivo e sistemático de caixas Multibanco/ATM, principalmente, na freguesia da Falagueira-Venda Nova, onde os nossos eleitos reportaram tal situação ao atual executivo.

Enquanto principal força da oposição na cidade da Amadora, queremos saber que medidas e averiguações já tomaram ambas as Juntas de Freguesia e a Câmara Municipal, relativamente a este assunto.

Entendemos que todas as forças políticas da Amadora se devem unir num só desígnio de defesa dos direitos dos Amadorenses, junto do governo e das instituições necessárias para a resolução do problema.

Aguardamos uma resposta das autoridades competentes, que venha satisfazer, de facto, os interesses dos habitantes da nossa Amadora.

Não podemos permitir que esta situação injusta aconteça!

Somos a sua Voz!”

Susana Garcia, vereadora da Câmara Municipal da Amadora

Deixe o seu comentário