Costa descarta alterar critérios de desconfinamento

Publicado por Vítor Santos em 17 de Abril de 2021 | 18:28

Depois das críticas do autarca riomaiorense, Luís Santana Dias, primeiro-ministro descarta alterar critérios de desconfinamento

O primeiro-ministro reiterou que os critérios de avaliação da situação epidemiológica por concelho foram feitos “com uma base científica” e que por isso foi possível determinar que a “generalidade do país pode avançar” na próxima fase de desconfinamento.

Aos jornalistas, após a cerimónia de condecoração à atleta Telma Monteiro, no Altice Arena, António Costa frisou que os dados são públicos e que, por isso, é possível “acompanhar, dia a dia, como está a situação em cada concelho” e trabalhar para que estes não recuem no processo de desconfinamento, tal como aconteceu em Moura, Odemira, Portimão e Rio Maior.

“Há uma coisa muito importante a ter em conta: as regras não são nem prémios, nem castigos aos concelhos”, acrescentou. “As normas são de saúde pública e adequadas à situação de pandemia em cada concelho. Percebo que seja desagradável mas têm que trabalhar todos para que daqui a 15 dias já esteja tudo em verde e possa tudo avançar para a próxima fase de desconfinamento”, referiu.

A afirmação foi dita em resposta à autarca de Portimão, Isilda Gomes, que teceu duras críticas ao Governo e falou num “castigo” imposto ao concelho e numa “enorme falta de respeito” com os trabalhadores daquela região e ao autarca de Rio Maior Luís Santana Dias que sugeria uma avaliação por densidade populacional.

A partir de segunda-feira, 19 de abril, a generalidade do país avança para a terceira fase de desconfinamento com o regresso às aulas presenciais dos alunos do ensino secundário e do superior.

Também os restaurantes, cafés e pastelarias poderão abrir o serviço de mesa no interior, limitado a grupos de quatro pessoas, enquanto nas esplanadas o limite aumenta para seis pessoas, até às 22h00 ou 13h00 aos fins-de-semana e feriados.

Os centros comerciais e todas as lojas podem reabrir também na segunda-feira, cumprindo a lotação fixada pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Existem no entanto sete concelhos onde se vão manter com as regras atualmente em vigor: Alandroal, Albufeira, Beja, Carregal do Sal, Figueira da Foz, Marinha Grande e Penela.

Deixe o seu comentário

Siga-nos através das redes sociais

últimas
Notícias Relacionadas
Leia também