Estradas na Serra da Estrela fechadas devido à neve

Estradas da Serra da Estrela foram hoje encerradas devido à queda de neve e às condições climatéricas adversas Algumas estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela foram hoje encerradas devido à queda de neve e às condições climatéricas adversas, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de […]

Autor: Mtv notícias | Lusa | 27 de Fevereiro de 2018

Estradas da Serra da Estrela foram hoje encerradas devido à queda de neve e às condições climatéricas adversas


Algumas estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela foram hoje encerradas devido à queda de neve e às condições climatéricas adversas, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco.

Segundo esta fonte, a circulação rodoviária está proibida desde as 19:30 nos troços Piornos/Cruzamento da Torre, Cruzamento da Torre/Torre e Cruzamento da Torre/Lagoa Comprida.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje “queda nos pontos mais altos da Serra da Estrela, descendo gradualmente a cota para os 400/600 metros na região Norte e Interior Centro”.

Proteção Civil lança aviso à população por causa do mau tempo

A chuva, queda de neve, vento e agitação marítima previstos para os próximos dias levaram a Autoridade Nacional de Proteção Civil a lançar um aviso à população.

“No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) realizado pelo Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), e de acordo com a informação meteorológica disponibilizada, salienta-se, para os próximos dias, um quadro meteorológico persistente marcado por forte instabilidade atmosférica”, explica a ANPC no documento difundido.

Estas condições vão afetar todo o território continental.

Entre elas, a precipitação, “pontualmente forte e localizada, será persistente ao longo dos próximos dias, intensificando-se a partir do final do dia de hoje em todo o território, embora de forma mais expressiva nas regiões do litoral Norte e Centro, podendo ocorrer associada a trovoada e queda de granizo”, diz a Proteção Civil.

Também a neve, a cair acima dos 400/600 metros,” será mais significativa durante a próxima madrugada nas regiões do interior Norte e Centro, com a cota a subir gradualmente no dia de amanhã para os 1000/1200 metros”, pode ler-se no alerta.

Quanto ao vento, será mais intenso a partir da tarde desta terça-feira “do quadrante Sul, será moderado a forte no litoral e nas terras altas com rajadas que podem atingir os 90 quilómetros por hora. Entre amanhã e sexta-feira, “prevê-se o agravamento com as rajadas a poderem atingir os 100 quilómetros por hora nas terras altas e os 80 quilómetros por hora no restante território. Não se de exclui a possibilidade de ocorrerem fenómenos localizados extremos de vento”, sublinha o comunicado.

Também o mar se apresentará alterado, a agitação marítima “espera-se de sudoeste até 5-7 metros, com picos máximos da ordem dos 10/12 metros (com forte rebentação na costa) essencialmente a Sul do cabo Raso, a partir de quarta-feira.”

Leia também