desfado, , , " />
últimas

Fado Bicha é lançado hoje

Publicado por Adília Vieira em 19 de Abril de 2019 | 19:08

A Rita agora é o André, mas o amor pelo Chico mantém-se. Primeiro single dos Fado Bicha é lançado hoje

Fado Bicha

Siga-nos através do Facebook

“O Namorico da Rita”, fado imortalizado na voz de Amália Rodrigues, ganha esta sexta-feira — que também é Santa — uma nova cor. No primeiro single da dupla Fado Bicha, a Rita é agora o André. O amor continua presente, agora entre dois homens.

Fado Bicha são João Caçador na guitarra elétrica e Lila Fadista na voz. Em outubro, quando falámos com a dupla pela primeira vez, diziam vir “trazer barulho para a cena do fado. Porque Portugal é um país de muito silêncio”. Esta sexta-feira, com o lançamento de “O Namorico do André”, o seu primeiro single, voltam a cumprir aquilo que têm prometido.

O dia em que é lançado não foi propositado nem é uma provocação, começam por dizer. “Íamos lançar dia 12 de abril só que entretanto as coisas atrasaram-se. Quando vimos que calhava na Sexta-Feira pensámos: foi o destino”.

O tema tem várias particularidades, assume João Caçador. “É um fado sobre o amor entre dois homens, o que é uma novidade no fado — e acho que na música portuguesa em geral. Nunca tinha acontecido, vai ser a primeira vez. Até hoje não tínhamos ouvido em nenhum fado a representatividade e histórias sobre nós próprios. Tínhamos sempre de adaptar a figura masculina ou a feminina”.

“Temos tido, até hoje, um grande pudor em partilhar histórias de amor, tanto a nível visual como musical sobre dois homens. E temos muita dificuldade em falar sobre isso”, critica o guitarrista.

“O Namorico do André” é uma adaptação do “O Namorico da Rita”, de Artur Ribeiro e António Mestre, fado imortalizado na voz de Amália Rodrigues. Não é recente, “já cantava o cantava antes de o João se ter juntado ao projeto”, diz a voz da dupla, mas só agora sai dos palcos para as plataformas digitais.

Sobre futuras novidades fica a promessa de novos temas em maio. “O nosso objetivo é reduzir a frequência de concertos e focarmo-nos em gravar o espólio de canções que andamos a cantar desde que começámos o projeto. Músicas que representam este tempo e esta energia inicial que trouxemos”, avança Lila. Já sobre a possibilidade de virmos a conhecer originais do Fado Bicha fica a promessa: “chegará esse tempo”.

Fica o videoclipe


Deixe o seu comentário

Leia também

Notícias relacionadas
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE