benfica, , , , " />
últimas

FC Porto – Benfica: Tiro de Rafa dá os 3 pontos ao Benfica

Publicado por Horta e Costa em 2 de Março de 2019 | 22:47

A equipa de Bruno Lage foi ao Dragão enfrentar sem medo o FC Porto e saiu de lá com um triunfo (2-1). Dragões passam o testemunho de líder às Águias

FC Porto - Benfica

Siga-nos através do Facebook

Noites fortes no Estádio do Dragão. O Benfica venceu, este sábado, o FC Porto por 2-1 no grande clássico da 24.ª jornada. A equipa da casa até foi a primeira equipa a marcar, aos 19 minutos, mas os golos de João Félix (26’) e Rafa (52’) ditaram a reviravolta no marcador num bom jogo de futebol. Benfica passa para a liderança, agora com mais dois pontos face ao rival azul e branco, isto quando faltam dez jornadas para o fim.

Para o clássico desta noite, o treinador do FC Porto optou por deixar Éder Militão no banco, mantendo assim a sua aposta em Manafá. A dupla atacante foi constituída por Adrián López e Marega, enquanto Danilo e Soares ficaram de fora. Do lado do Benfica, Bruno Lage não surpreendeu, uma vez que Sérgio Conceição adivinhou até adivinhou a equipa inicial dos encarnados.

O FC Porto foi a primeira equipa a marcar no seu estádio, com quase 50 mil espetadores, com o espanhol Adrián López a abrir o ativo. Após um livre batido pelo avançado espanhol, a bola embateu na barreira e voltou a sobrar para o camisola 20, que à segunda atirou em arco e colocou a bola a entrar junto ao segundo poste. Jorge Sousa ainda recorreu ao VAR para validar a interferência de Pepe no lance, mas acabou por validar o tento.

Contudo, o Benfica demorou sete minutos para fazer o empate. Gabriel deixou a bola para Seferovic, este cruzou rasteiro para a área, a bola passou por Pepe e chegou a João Félix, que atirou na cara de Casillas.

Já no segundo tempo, aos 52 minutos, o Benfica chegou à vantagem pela primeira vez no jogo. Grimaldo colocou a bola em Rafa, este combinou com Pizzi, que devolveu ao companheiro de equipa. O jogador encarnado aproveitou a passividade da defesa portista para encontrar espaço entre os centrais e a atirar rasteiro para o 2-1.

Em desvantagem, Sérgio Conceição fez duas substituições seguidas, tirando Corona e Adrián e colocando Soares e Otávio. Mais à frente, substituiu Oliver por Danilo. Na equipa encarnada, Lage Gedson substituiu Pizzi.

Aos 77 minutos, Gabriel foi expulso por acumulação de cartões amarelos. A expulsão do jogador encarnado começou num lance entre ele e Otávio, gerando-se uma grande confusão entre os jogadores das duas equipas, que culminou com Jorge Sousa a exibir dois amarelos consecutivos a Gabriel e consequente vermelho. Na sequência do lance, Otávio viu também o amarelo.

O Benfica passa a somar 59 pontos, contra 57 do campeão nacional, cuja última derrota na I Liga tinha acontecido na Luz, perante os ‘encarnados’ (1-0), na sétima jornada. De então para cá, os ‘azuis e brancos’, acumularam 16 jogos sem perder.

O Sporting de Braga, terceiro classificado, com 49, e o Sporting, quarto, com 46, jogam no domingo, perante Rio Ave e Portimonense, respetivamente.

Fica o vídeo do golo de Rafa que colocou o Benfica em vantagem no Dragão:


Deixe o seu comentário

Leia também

Notícias relacionadas
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE