Festival Música em Leiria

Festival Música em Leiria que se realiza de 16 de março a 20 de abril aposta na interculturalidade e na internacionalização em 2018 As cantoras Ute Lemper e Maria João e a Companhia Olga Roriz são alguns destaques do 36.º festival Música em Leiria, que se realiza de 16 de março a 20 de abril […]

Autor: Mtv notícias | Lusa | 19 de Fevereiro de 2018

Festival Música em Leiria que se realiza de 16 de março a 20 de abril aposta na interculturalidade e na internacionalização em 2018


As cantoras Ute Lemper e Maria João e a Companhia Olga Roriz são alguns destaques do 36.º festival Música em Leiria, que se realiza de 16 de março a 20 de abril e aposta na interculturalidade e na internacionalização.

Em 2018, o festival organizado pelo Orfeão de Leiria chega um pouco mais cedo do que o habitual, num ano de aposta na interculturalidade e na internacionalização, explicou hoje o diretor artístico do festival, António Vassalo Lourenço.

“Há uma lógica de interculturalidade que se pretendeu trazer a esta programação”, afirmou, sublinhando também a “forte aposta na internacionalização.

Os concertos das formações Portugoesas, Ketevan Cantata e dos Furum Fum Fum contribuem para cruzamentos culturais, enquanto a presença da meio-soprano alemã Ute Lemper, a fechar o festival, é “uma aposta muito forte”, afirma Vassalo Lourenço.

Em simultâneo, o festival junta, quando possível, músicos e alunos do Orfeão de Leiria e artistas da região, com os convidados de fora.

“É uma filosofia do festival que se mantém, tal como o cruzamento de géneros”, nota o diretor artístico.

A par da programação principal, o presidente do Orfeão de Leiria anunciou ainda um conjunto de concertos pedagógicos nos concelhos do norte do distrito de Leiria – Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera -, afetados pelos incêndios de 2017.

Acácio de Sousa anunciou ainda que o orçamento para a edição de 2018 ronda os cem mil euros.

O festival começa nos dia 16 de março, com grupo de música de câmara Ensemble Darcos e a cantora Maria João, no Teatro José Lúcio da Silva, num projeto de que fazem parte também o escritor José Luís Peixoto e o compositor Nuno Côrte-Real.

A Orquestra Filarmonia das Beiras atua com o Coro do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, no dia 24 de março, também no TJLS.

Ainda na mesma sala, toca a Orquestra Estágio de Sopros de Leiria, no dia 28 de março.

O regente Vasco Negreiros leva a cantata “Ketevan” à Igreja de S. Francisco, em Leiria, no dia 31 de março, num concerto com o Coro do Orfeão de Leiria.

Em abril, o festival apresenta Furum Fum Fum ao Teatro Miguel Franco, em Leiria, no dia 04, e o projeto Portugoesas sobe ao palco do Teatro Stephens, na Marinha Grande, no dia 06.

O Ensemble Cantante, com João Gil, Manuel Paulo e Luís Represas, apresenta “Missa brevis”, na Igreja do Mosteiro da Batalha, no dia 07 de abril.

No dia 11 de abril, o Quinteto de Metais de Leiria junta-se a Augusto Baschera e Paulo Bernardino para um concerto na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais de Leiria.

A homenagem da Companhia Olga Roriz a Igmar Bergman, “A meio da noite”, é apresentada em antestreia no festival, no dia 14 de abril, no TJLS.

Também em Leiria, na Igreja de S. Francisco, a Orquestra Sinfónica de Leiria atua no dia 15 de abril.

A encerrar a edição de 2018 do Música em Leiria, a alemã Ute Lemper sobe ao palco do TJLS a 20 de abril.

Deixe o seu comentário
Leia também