ana gomes, , , , , " />
últimas

Há gente criminosa infiltrada na justiça

Publicado por Vítor Santos em 1 de Abril de 2019 | 22:59

Deputada europeia Ana Gomes diz que “há gente criminosa infiltrada na justiça e em pessoas interessadas na “intoxicação da opinião pública”

Ana Gomes - PS

Siga-nos através do Facebook

A deputada europeia Ana Gomes afirmou esta segunda-feira que tem confiança na justiça portuguesa, mas que, ao mesmo tempo, sabe que “há criminosos infiltrados” no sistema judicial.

“Tenho confiança na justiça portuguesa. Tenho que ter. Agora, a criminalidade e a corrupção está infiltrada em vários sectores da sociedade e não é só cá. Este é um combate europeu, diria mesmo que global. Implica que em certos sectores, como o desporto, mas também na economia e na política, temos gente capturada e depois temos os corruptos infiltrados e gente a trabalhar – mais do que para servir intuitos criminosos, para depois fazerem o ‘spinning’, a intoxicação das opiniões públicas. Não tenho dúvidas nenhumas de que estamos a viver isso aqui em Portugal relativamente ao Rui Pinto”, disse Ana Gomes.

“Como cidadã tenho que confiar na justiça. Mas não sou ingénua e sei que há gente criminosa infiltrada e é isso que explica algumas disfunções da justiça que temos visto ultimamente”, acrescentou, durante um debate que teve lugar no Gabinete do Parlamento Europeu (Edifício Jean Monnet, em Lisboa) e que contou também com as presenças de Francisco Teixeira da Mota, William Bourdon (ambos advogados de Rui Pinto) e ainda de Antoine Deltour, delator de informações comprometedoras no caso Lux Leaks.

“Mas há outros casos, que têm a ver com corrupção e que eu tenho denunciado e nos quais continuarei a trabalhar, para expor o que puder ser do conhecimento público, que me levam a pensar que da mesma maneira que há gente boa e séria e empenhada na justiça e nas polícia portuguesas, também há muitas maçãs podres”, disse ainda Ana Gomes.

“Eu já falei até publicamente daquela decisão de levar a julgamento os elementos de um clube, quando os principais responsáveis do clube sabiam do que estava a passar-se, porque, inclusivamente, envolvia captura das gentes da justiça a aceder a passwords de magistrados, a processos, etc. E não é extraordinário que os homens de mão sejam aparentemente levados a julgamento e que os principais responsáveis sejam deixados sem nenhuma beliscadela? Acho isto muito estranho, não posso deixar de achar”, afirmou também a deputada europeia.


Deixe o seu comentário

Leia também

Notícias relacionadas
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE