25 abril, , , , " />
últimas

Hoje, o 25 de Abril não passa de uma festa dos políticos

Publicado por Vítor Santos em 25 de Abril de 2019 | 22:16

Hoje, o 25 de Abril não passa de uma festa dos políticos que lhes permitem governar um país como se de uma quinta se tratasse

45 anos depois de Abril

Siga-nos através do Facebook

Comemora-se, hoje, o 25 de Abril de 1974. Ressalvando uma ou outra manifestação organizadas pelas centrais sindicais afetas à esquerda politica, o povo português alheou-se por completo da data comemorativa.

Lamentavelmente, hoje, o 25 de Abril de 1974, não passa de uma festa dos políticos. Uma festa revolucionária que lhes permitem, hoje, governar um país como se de uma quinta se tratasse.

A corrupção, a mentira, o nepotismo e a inexistência de ética, enraizou-se de tal maneira no aparelho do Estado que, 45 anos após a revolução dos cravos, anormal seria ter políticos honestos na Assembleia da República.

São as “viagens e as presenças fantasma” na Assembleia da República, as moradas de residência fictícias para amealharem mais uns euros, as reformas antes de tempo e vitalícias.

A falta de preparação para desempenho de cargos em todas as áreas, com prejuízos e desastres conhecidos durante a vigência da atual legislatura: os incêndios, o estado calamitoso que se verifica na Saúde e na Educação.

A falta de preparação e alheamento das leis é tão alarmante quando tomamos nota de que o atual presidente da Assembleia da República, afirmar que “não se sabe quem são os proprietários de órgãos de comunicação social em Portugal”. E incentivar os partidos a avançar com enquadramento legal sobre o assunto, desconhecendo que ele já existe!

45 anos depois, Abril permite que eurodeputados apõem e visitem criminosos na cadeia. 45 anos depois, Abril permite que uma ministra, em inquérito parlamentar, diga que “não responde porque não lhe apetece”. 45 anos depois de Abril, Portugal tem mais familiares no Governo que as monarquias de Espanha ou Inglaterra.

45 anos depois de Abril, os políticos envergonham o Capitães de Abril.

Opinião de: Vítor Santos


Deixe o seu comentário

Leia também

Notícias relacionadas
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE