asseiceira rio maior, , , , "/>
últimas

IC2 entre Rio Maior e Asseiceira encerrado ao trânsito

Publicado por Vítor Santos em 5 de Dezembro de 2018 | 16:17

Instabilidade no talude localizado junto ao ramo de ligação do IC2 à antiga EN1 no Nó de Rio Maior” levou ao encerramento daquela via

IC2 Rio Maior - Asseiceira

Siga-nos através do Facebook

A Infraestruturas de Portugal(IP) encerrou hoje a circulação automóvel no nó acesso a Rio Maior do IC2, situado entre Rio Maior e Asseiceira, devido à instabilidade no talude decorrente de uma exploração de areia.

Em comunicado, a empresa afirma que a decisão foi tomada depois de uma monitorização que identificou “sinais de instabilidade no talude localizado junto ao ramo de ligação do IC2 à antiga EN1 no Nó de Rio Maior” (distrito de Santarém), visando “garantir as condições de segurança” na via.

Segundo a IP, “as condições de estabilidade” do talude “deterioraram-se devido às condições climatéricas adversas que foram sentidas recentemente”, apontando como percurso alternativo, para acesso à cidade de Rio Maior, a partir do IC2, o nó de Asseiceira, no sentido Alcoentre/Rio Maior, e o nó do Alto da Serra, no sentido Leiria/Rio Maior.

Segundo a IP “está programada a execução de uma intervenção já no início de 2019” sendo que o projeto de execução desenvolvido “revestiu-se de maior complexidade, requerendo a necessidade de se efetuar estudos geotécnicos e de prospeção específicos de acompanhamento, tendo em vista a conceção de uma solução definitiva”. A empresa adianta que “irá manter a monitorização desta situação, sendo que a reposição da circulação apenas irá ocorrer se forem verificadas boas condições de segurança”.

A Câmara Municipal de Rio Maior tem acompanhado esta situação desde a primeira intervenção naquele nó, que teve lugar em 2016, e continuará a fazê-lo em permanência, com atenção ao elevado volume de tráfego de pesados que passam a usar os nós de Asseiceira e Alto da Serra, quer na insistência junto da IP para a necessidade de obras de requalificação urgentes não apenas no nó de Rio Maior mas, também, em todo o troço daquela via que atravessa o concelho de Rio Maior, cujo elevado grau de sinistralidade é de todos conhecido.


Deixe o seu comentário

Leia também

Notícias relacionadas
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE