Imigração em massa levará a Europa à extinção

Publicado por Adília Vieira em 7 de Janeiro de 2020 | 21:25

Possível sucessor do Papa diz que imigração em massa levará a Europa à extinção se não for interrompida. Sei do que falo, diz o cardeal Robert Sarah

Robert Sarah, um cardeal africano, chefe do escritório de liturgia do Vaticano, é muitas vezes mencionado nos círculos tradicionalistas como um possível suceder do papa Francisco.

“Aqueles que buscam usar a Bíblia para promover a migração estão forçando uma falsa interpretação das escrituras”, declarou o cardeal Sarah em entrevista para uma revista francesa, a Valeurs Actuelles, classificando a migração em massa como uma “nova forma de escravidão”.

O cardeal tem chamado atenção pelas suas posições mais conservadoras sobre práticas litúrgicas, islamismo, migração e outras questões. Na entrevista à Valeurs Actualles, criticou padres e bispos que “dizem coisas confusas, imprecisas, vagas, para escaparem das críticas, e ‘se casam’ com a estúpida evolução do mundo”.

Sarah disse que na Europa a Igreja não deveria cooperar com a crescente aceitação pelos políticos da migração em massa para um continente tradicionalmente cristão.

“Se o Ocidente continuar nesse caminho fatal, há um grande risco de que, devido à falta de nascimentos, o mesmo desapareça, invadido por estrangeiros, assim como Roma foi invadida por bárbaros ”, declarou o cardeal. E continuou: “Meu país é predominantemente muçulmano. Acho que sei de que realidade estou falando”.

Deixe o seu comentário

Siga-nos através das redes sociais

últimas
Notícias Relacionadas
Leia também