Incêndio em Aljezur: inferno está de volta

Publicado por Horta e Costa em 19 de Junho de 2020 | 21:58

Fogo em Aljezur tem três frentes ativas e está a progredir com grande intensidade e já levou à retirada de várias dezenas de pessoas para uma aldeia segura

O incêndio florestal que deflagrou hoje em Aljezur está “com três frentes ativas”, a progredir com “grande intensidade” e já levou à retirada de várias dezenas de pessoas para uma aldeia segura, disse fonte da Proteção Civil.

O fogo já obrigou também ao corte do trânsito nas Estradas Nacionais 268, entre Bordeira (Aljezur) e Vila do Bispo, e na 125, na zona de Burgau, no concelho de Vila do Bispo, ao qual o fogo já alastrou, disse à agência Lusa a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.

A fonte do CDOS revelou também que “já foram retiradas da zona 30 a 40 pessoas, que foram deslocadas para a aldeia da Pedralva, em Vila do Bispo, e que o “combate ao incêndio está a ser dificultado pelo intenso vento”, que tem estado na origem “de projeções a grande distância” que dificultam o combate no terreno, composto por mato denso.

“Estão neste momento a combater o incêndio 234 operacionais, com 68 veículos e 11 meios aéreos, nove de combate e dois de coordenação, e duas máquinas de rasto”, contabilizou a fonte do CDOS, referindo que os meios aéreos “vão manter-se no teatro de operações”.

A mesma fonte disse ainda que “já foram acionados meios de outros distritos”, sem precisar quais.

Entretanto, pelas 19:30, a página de internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil dava conta de 323 operacionais no terreno, apoiados por 96 veículos e 11 meios aéreos.

Atualização

O incêndio continua a progredir rapidamente e obrigou ao encerramento da Estrada Nacional 26,  entre a Carrapateira e Vila do Bispo, e a Nacional 125, entre o cruzamento do Burgau e a rotunda de Budens.

Deixe o seu comentário

Siga-nos através das redes sociais

últimas
Notícias Relacionadas
Leia também