Jesus apanhado nas escutas: ” f*** o Benfica”

Nas escutas associadas ao processo Cartão Vermelho e quando Jorge Jesus ainda treinava o Flamengo, disse a Vieira: f*** o Benfica

Jorge Jesus
Autor: Horta e Costa | 24 de Janeiro de 2022

Depois de ter revelado que rejeitou um salário milionário oferecido por Frederico Varandas para voltar ao Sporting, Jorge Jesus confessou a Bruno Macedo que estava ciente do interesse do Benfica, quando ainda estava no Flamengo.

Em conversa intercetada nas escutas associadas ao processo Cartão Vermelho, datada de 2 de julho de 2020, o empresário revelou que Luís Filipe Vieira ainda pensou promover o regresso do técnico logo para a final da Taça de Portugal de 2019/20.

Contudo Jesus descartou o regresso, uma vez que considerava que as águias tinham uma equipa de “farrapos”.

O treinador refere ainda a forte amizade que nutria por Vieira, a quem apelida de melhor presidente com quem trabalhou. Por isso mesmo não tinha vontade de lhe dizer que se  “f**** o Benfica desportivamente”.

Jesus referiu que o ex-presidente dos encarnados tinha a mania que percebia de futebol, mas considerava o seu entendimento nulo. As escutas dão ainda conta sobre a reação do técnico aos rumores que apontavam Maurício Pochettino para o comando dos encarnados, considerando que o atual treinador do PSG não tinha títulos.

Pouco depois Jesus acabaria por rumar ao Benfica, onde auferia um salário base de aproximadamente três milhões de euros.

Deixe o seu comentário