Meio milhão de euros para combater vespa asiática

Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra investe meio milhão de euros para combater vespa asiática na totalidade do seu território

Partilhe esta notícia

Autor: Horta e Costa | 4 de Outubro de 2021

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra viu aprovada uma candidatura a fundos comunitários de cerca de meio milhão de euros, para a deteção e combate à vespa asiática na totalidade do seu território.

A candidatura foi submetida ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), com um investimento total de 540.697 euros.

O projeto foi aprovado no dia 30 de setembro de 2021.

A candidatura foi submetida com o “parecer favorável do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, em parceria com as associações de Apicultores, Universidade de Coimbra, CIM Viseu Dão Lafões e Junta da Galiza, num conjunto de entidades multidisciplinares que irão contribuir positivamente para a implementação do projeto em todo o território”, refere a CIM da Região de Coimbra numa nota de imprensa.

A execução do projeto vai ter início em novembro e tem como objetivo a criação de uma “estratégia coordenada de combate à vespa velutina [também identificada como vespa asiática] em toda a região”.

De acordo com a CIM da Região de Coimbra, o projeto prevê o “reforço da capacitação dos municípios ao nível dos equipamentos de eliminação de ninhos, instalação e monitorização de uma rede de armadilhas, promoção e divulgação de boas práticas, bem como o aumento do conhecimento atualmente existente sobre esta espécie”.

Em 2019, a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra constituiu um grupo de trabalho com técnicos dos seus diferentes municípios, de modo a uniformizar as metodologias de controlo de combate à vespa asiática em toda a região.

Esse trabalho “serviu de base à elaboração da candidatura e que permitirá robustecer a estratégia que se pretende implementar”, lê-se na nota.

As ações no âmbito da candidatura vão ter por base o plano de ação para a vigilância e controlo da vespa velutina em Portugal e vão ser operacionalizadas em articulação com as entidades competentes nesta matéria.

A CIM da Região de Coimbra é constituída pelos 17 municípios que integram o distrito de Coimbra – Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares – e pelos municípios da Mealhada e de Mortágua, nos distritos de Aveiro e de Viseu, respetivamente.

Partilhe esta notícia

Leia também