Militar suspenso por impor a ordem

Soldado da GNR suspenso
Autor: Adília Vieira | 8 de Fevereiro de 2019

O militar da GNR que aplicou um golpe da mata leão a um imigrante brasileiro, quando este estava a insultar os funcionários das Finanças do Montijo, foi punido com uma suspensão de 120 dias, suspensa na execução por um ano.

O caso remonta a maio de 2017, quando o elemento da GNR Eduardo Pinto foi filmado por Jair Costa, em direto para o Facebook, quando lhe estava aplicar um golpe para o imobilizar e para que ele parasse com os insultos.

Agora, o Ministério da Administração Interna puniu o militar, justificando a decisão com o “incumprimento do dever de proficiência e do dever de zelo”, por não ter respeitado “critérios de legalidade nem cortesia e de respeito pelos membros da comunidade”.

Deixe o seu comentário
últimas notícias

Covid-19: Testes e certificados à venda no mercado negro

Gelados e queijos contaminados com pesticida cancerígeno

Estado da nação: um PS de narrativas enganadoras

Chega exige a Costa que peça desculpa

Leia também