Graça Fonseca, , , , "/>
últimas

Ministra da Cultura ou outra merda qualquer?

Publicado por Vítor Santos em 26 de Novembro de 2018 | 23:21

Ministra da Cultura afirmar que uma das coisas boas de estar fora do país é não ver jornais portugueses “há quatro dias” é o mesmo dizer que despreza o setor!

Graça Fonseca

Siga-nos através do Facebook

Se fosse supersticioso diria que a 15 de outubro, quando chegou ao Palácio de Belém para tomar posse como ministra da Cultura na sequência da maior remodelação levada a cabo por António Costa, Graça Fonseca deve ter colocado em primeiro lugar o pé esquerdo no edifício. Só isso justifica tamanha falta de jeito. Só isso justifica a sucessão de equívocos em que se tem visto mergulhada.

Sobre a sua tomada de posição em relação às touradas, Graça Fonseca argumentou que era um ato civilizacional. Mas esta senhora entende alguma coisa de civilização? Na cabeça desta senhora todos os que gostam da tauromaquia são pessoas estúpidas, ignorante e incivilizadas?

A ministra da Cultura, que viajou até ao México para visitar a Feira do Livro de Guadalajara, que este ano tem Portugal como país convidado, disse que uma das coisas boas de estar fora do país é que não via jornais portugueses “há quatro dias”.

Porque, enquanto cidadão, não abdico do direito à indignação, afirmo que a representante do Governo proferiu uma frase que merece reflexão, uma vez que na qualidade de ministra da Cultura “exerce as competências que lhe são atribuídas por lei sobre as entidades do setor empresarial do Estado no domínio da comunicação social”.

Afirmar que uma das coisas boas de estar fora do país é não ver jornais portugueses “há quatro dias” é o mesmo dizer que despreza o setor!

Imaginem os ministros da Economia e Finanças afirmarem que uma coisa boa era não verem os relatórios do Banco de Portugal! Ou o ministro da Saúde detestar hospitais e o da Educação, escolas! Imaginem ainda o ministro da Agricultura afirmar que o bom da agricultura é plantar couves e não comer nenhuma porque os caracóis, lesmas e lagartas as comeram todas!

A senhora ministra que se prepare para quando regressar de Guadalajara, a tourada que desencadeou ainda estará na praça pública, e vai ter de a tourear. E, já agora, nos jornais portugueses! Porque a liberdade, felizmente, tem destas coisas.

Artigo de opinião: Vítor Santos


Deixe o seu comentário

Leia também

Notícias relacionadas
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE