Moro responde a Sócrates: “Não debato com criminosos”

Ministro brasileiro Sérgio Moro responde a Sócrates: “Não debato com criminosos”. Recorde-se que Sócrates disse que Moro é “um ativista político disfarçado de juiz”

José Sócrates e Manuel Pinho
Autor: Vítor Santos | 24 de Abril de 2019

“Não debato com criminosos”. Foi desta forma que o ministro brasileiro da Justiça, Sérgio Moro, respondeu a José Sócrates que o acusou de atuar como “um ativista político disfarçado de juiz”.

Numa entrevista à Record TV Europa, Moro afirma: “Todo país do mundo tem uma dificuldade nesses crimes de grande corrupção porque envolvem pessoas poderosas, e o apareto judicial foi construído para outro tipo de crime”. “O que observo, à distância, em relação a este caso do ex-ministro português, é um trabalho que tem sido feito com esforços consideráveis para a apuração de provas e processar (o acusado)”, considerou ainda o ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil.

José Sócrates criticou o juiz numa nota enviada à agência Lusa, após Moro ter identificado uma “dificuldade institucional” em Portugal em fazer avançar o processo contra si, tal como acontece no Brasil.

Leia também