Paços de Ferreira: três mortos na A42

Publicado por Horta e Costa em 17 de Novembro de 2019 | 20:30

Carro em despiste na A42, autoestrada que liga Porto a Paços de Ferreira, provocou três vítimas mortais, entre as quais um soldado da GNR

Um despiste ocorrido na tarde deste domingo, na A42, autoestrada que liga Porto a Paços de Ferreira, provocou três vítimas mortais, entre as quais uma ocupante da viatura acidentada, um guarda da GNR e o condutor de um veículo de reboque. Outras três pessoas ficaram feridas.

O militar da GNR estava no local a prestar apoio a um acidente rodoviário ocorrido anteriormente quando foi atropelado mortalmente. Uma jovem, ocupante do veículo que entrou em despiste, e o condutor do reboque também não sobreviveram. Outras três pessoas ficaram feridas.

Segundo o JN, um pequeno acidente rodoviário na A42, ocorrido no troço que atravessa Paços de Ferreira, mobilizou os Bombeiros Voluntários de Freamunde e uma patrulha da GNR.

O caso foi rapidamente resolvido e foi já quando os bombeiros estavam a proceder à limpeza da via que um segundo despiste teve lugar. Um carro com três ocupantes, que circulava no sentido Porto-Paços de Ferreira, ficou sem controlo e embateu na viatura da Guarda e no reboque que estava a retirar da autoestrada o primeiro carro acidentado, provocando a morte ao militar e ao condutor do reboque.

O acidente obrigou ao corte da A42, com vários carros a terem de fazer inversão de marcha para saírem no nó mais próximo.

Neste momento, estão no local as equipas das viaturas médicas de emergência e reanimação dos hospitais do Vale do Sousa, Pedro Hispano e São João e ainda a viatura de suporte imediato de vida de Santo Tirso, para além de bombeiros.

Todos estão a prestar apoio às três vítimas encarceradas no interior do carro que se despistou e ao guarda.

Deixe o seu comentário

Siga-nos através das redes sociais

últimas
Leia também