Porto: Judiciária apreende 430 mil doses de cocaína

Polícia Judiciária apreende no Aeroporto do Porto 430 mil doses de cocaína oriunda do Brasil e deteve cinco pessoas durante operação

Aeroporto do Porto
Autor: Adília Vieira | 2 de Novembro de 2021

A Polícia Judiciária (PJ) apreendeu cocaína suficiente para 430 mil doses individuais e deteve cinco pessoas durante uma operação, centrada no Aeroporto do Porto, de combate ao tráfico de droga do Brasil para Portugal, revelou hoje fonte policial.

Em comunicado, a Directoria do Norte da PJ indica que a ação decorreu no domingo, na sequência de um controlo à carga de um avião proveniente de São Paulo, “enquadrando-se nas diligências de investigação à atuação de um grupo criminoso, em curso há cerca de seis meses”.

A droga, um total de 43 quilos de cocaína, com elevado grau de pureza, seria suficiente para a produção de mais 430 mil doses, podendo aquela quantidade ser ampliada com a adição dos chamados ‘produtos de corte’, assinala a polícia.

Os detidos são quatro homens, de 34 a 44 anos de idade, e uma mulher, de 31, todos portugueses e residentes na área do Grande Porto.

Um juiz de instrução mandou prender preventivamente três deles e decretou que os dois restantes se apresentem periodicamente às autoridades.

Dois dos arguidos são trabalhadores de empresas que operam no referido aeroporto. No âmbito do esquema de tráfico, “tinham como função a extração da carga ilícita, procedendo à recolha dos volumes com o estupefaciente”, tendo por base instruções recebidas de uma rede criminosa sul-americana.

Além da droga, foram apreendidos quatro automóveis de gama alta e uma arma de fogo que se encontrava municiada, numa operação em que a PJ contou com a colaboração dos Serviços Alfandegários da Autoridade Tributária e Aduaneira do Aeroporto Francisco Sá Carneiro e da Divisão de Segurança Aeroportuária da PSP.

Leia também