desporto, , , , "/>
últimas

Portugal na final four da Liga das Nações

Publicado por Horta e Costa em 17 de Novembro de 2018 | 21:59

Portugal e Itália empataram (0-0) em São Siro, em partida a contar para a Liga das Nações. A equipa das quinas assegurou a passagem à ‘”final four” da Liga das Nações

Itália - Portugal

Siga-nos através do Facebook

San Siro, essa espécie de Scala do futebol mundial. Onde se vê e ouve ópera em forma de futebol. 25 anos depois, Portugal regressava a um palco onde foi infeliz. Saiu derrotado por um zero, com um golo de Dino Baggio e viu gorado o sonho de chegar ao Mundial de 1994. Um quarto de século depois, a dimensão da seleção das quinas é outra e do tetracampeão do mundo também.

O futebol italiano vive um momento de instrospeção depois de ter ficado de fora do último Campeonato do Mundo, o que deixou o mundo do futebol de boca aberta de espanto perante a ausência deste histórico. Porém, Portugal lutava contra as estatísticas já que o melhor resultado que tinha alcançado em Itália foi um empate, no já longínquo ano de 1967 (1-1). Precisamente o resultado, que bastava a Portugal para passar à ‘final four’ da Liga das nações

No seu 60ª jogo ao serviço da seleção, Fernando Santos fez duas alterações em relação ao último encontro da seleção. José Fonte entrou para o lugar do lesionado Pepe, Bruma rendeu Rafa Silva no onze inicial.

Depois da homenagem a Chiellini que comemorou a sua 100ª internacionalização era tempo de rolar a bola em São Siro. E esta, durante a primeira parte, pertenceu quase exclusivamente à equipa italiana. Assente num 4-3-3, a ‘squadra azzurra’ de Mancini sufocou autenticamente a equipa portuguesa durante a primeira parte e pode-se dizer que o (0-0) ao intervalo foi um resultado lisonjeiro.

De orgulho ferido e levado pelo seu público, os ‘azzurri’ entraram a pressiona. Insigne deu o primeiro aviso logo ao minuto 5, com Rui Patrício a fazer uma defesa autenticamente monstruosa. Pouco depois, foi Florenzi com remate cruzado a assustar o guardião português. Estava dado o aviso, de que a equipa de Fernando Santos teria que vir preparada para sofrer. Nos primeiros 45 minutos, Portugal sentiu muita fificuldade para constrariar o jogo muito forte entrelinhas da equipa italiana.

Depois de uns primeiros 10 minutos de pesadelo, Portugal tentou soltar-se da pressão italiana. Bruma numa excelente iniciativa individual quase causou ‘estragos’ para os donos da casa. No melhor período de Portugal durante o primeiro tempo, Bernardo Silva com um passe de mestre deixou em Cancelo, mas foi Florenzi a cortar, quando a bola já se encaminhava para André Silva.

Muito agressivos na recuperação e posse, os italianos causaram muitas dificuldades à seleção das quinas, que passou os 45 minutos praticamente a ver jogar. Rúben Neves e Mário Rui acabaram por ver o cartão amarelo e ficam de fora da próxima partida com a Polónia. Ainda antes do descanso, Rui Patrício segurou o empate, a defender o remate de Imobille que estava na cara do guardião português. Saldaram-se por três as grandes oportunidades dos italianos durante a 1ª parte: Insigne (5´), Immobile 34´ e Bonucci aos 37´.

No segundo tempo, os italianos continuaram com maior posse de bola, mas menos venenosos na frente. Com menos sufoco, Portugal continuava com dificuldades em construir. Fisicamente a Itália caiu e aí Portugal aproveitou para equilibrar. Em dois minutos, Portugal dispôs das melhores oportundidades para marcar. Cancelo, lançado por Rúben Neves, serviu João Mário que atirou ligeiramente por cima da trave. Ao minuto 76´, William atirou de pé esquerdo, mas Donnarumma com grande intervenção, evitou o golo. Ao minuto 90, Fernando Santos quis colocou um tampão no jogo, tirando André Silva e colocando Danilo Pereira no miolo.

O objetivo foi conseguido. Portugal pontuou em Itália e assegurou a qualificação para a final four da Liga das Nações.


Deixe o seu comentário

Leia também

Notícias relacionadas
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE