Putin pode estar morto?

Chefes de inteligência britânica acreditam que Putin pode estar morto e que o Governo russo estará a usar um duplo no seu lugar

Putin
Autor: Horta e Costa | 30 de Maio de 2022

O presidente russo, Vladimir Putin, pode já estar morto e o seu Governo pode estar a utilizar um duplo para se fazer passar por si, acreditam os chefes de inteligência britânicos, citados pelo ‘Daily Star’.

Os responsáveis seniores do MI6 dizem que como o presidente russo estava gravemente doente, pode já ter morrido e os seus comparsas terem ocultado essa informação para mantê-lo no poder pelo maior tempo possível.

Uma fonte disse ao ‘Daily Star’ que as recentes aparições de Putin na imprensa provavelmente foram pré-gravadas. Um duplo também pode ter sido usado em eventos públicos, como o desfile do Dia da Vitória de Moscovo no início deste mês.

“Putin está muito doente e, quando morrer, a sua morte será mantida em segredo durante semanas, se não meses”, disse uma das fontes. “Há também a possibilidade de já estar morto. Acredita-se que Putin tenha contratado duplos no passado quando estava doente e o Kremlin pode estar a fazer o mesmo agora”, acrescentou.

Segundo a mesma fonte, “Putin é o chefe de um pequeno grupo de altos funcionários que lhe são completamente leais. A morte de Putin deixá-los-á impotentes e vulneráveis, por isso têm interesse em dizer que Putin está vivo – quando o inverso pode ser verdade”.

A saúde do homem de 69 anos deteriorou-se claramente nos últimos meses. Parece movimentar-se de forma mais lenta e o seu rosto mostrou-se inchado, com alguns observadores a sugerir que poderia ter cancro no sangue.

Acredita-se que está a tomar esteroides ou a receber tratamento contra o cancro, o que o deixou com o rosto inchado. Há duas semanas, um oligarca russo com ligações próximas ao Kremlin disse que Putin estava “muito doente com cancro no sangue” e passou por uma cirurgia antes de invadir a Ucrânia.

Leia também