Reação adversa à vacina mata criança de 6 anos

Suspeita-se que a morte da criança de seis anos vítima de paragem cardiorrespiratória tenha origem na reação adversa à vacina da covid-19

Hospital Santa Maria
Autor: Vítor Santos | 18 de Janeiro de 2022

O Ministério Público (MP) abriu um inquérito à morte de uma criança de seis anos no Hospital de Santa Maria, vítima de paragem cardiorrespiratória, este domingo. O caso está a ser investigado no hospital e no Infarmed, tendo sido feita uma notificação de suspeita de reação adversa à vacina da covid-19.

A criança, que deu entrada no hospital com um quadro de paragem cardiorespiratoria, testou também positivo para a covid-19 e a causa de morte permanece em investigação.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirma a instauração de um inquérito a este caso no DIAP de Lisboa.

A Ordem dos Médicos, em comunicado, já expressou a sua solidariedade para com a família da criança, ao apelar pela “serenidade que uma situação destas exige” em relação à causa do óbito.

“É necessário aguardar pelas conclusões da equipa forense, nomeadamente pelos resultados da autópsia médico-legal e potenciais exames toxicológicos. A Ordem dos Médicos continuará a acompanhar a situação e apela a uma rápida atuação de todas as autoridades competentes para esclarecimento cabal dos factos”, lê-se na nota enviada às redações.

Leia também