cristiano ronaldo, , , "/>
últimas

Rita Ferro Rodrigues defende Ronaldo

Publicado por Adília Vieira em 4 de Outubro de 2018 | 20:03

Crónica de Vera Sacramento publicada na página da Associação Capazes da qual Rita Ferro Rodrigues é presidente, gera indignação nas redes sociais

Rita Ferro

Siga-nos através do Facebook

“Controlemos a nossa sede de sangue” coloca dúvidas sobre a culpa do jogador português no caso de violação de Kathrn Mayorga, uma posição que não costuma ser assumida pela associação

Um texto de opinião publicado na página das Capazes sobre as acusações de violação que envolvem Cristiano Ronaldo está a ser duramente criticado nas redes sociais pelos seguidores da associação. O artigo publicado com o título “Controlemos a nossa sede de sangue” coloca dúvidas sobre a veracidade das acusações do jogador português.

“Será que Cristiano Ronaldo, ídolo nacional e um dos melhores jogadores do mundo, é afinal um violador? Ou será Kathryn Mayorga uma vil chantagista que seduziu Cristiano na discoteca onde se conheceram, já com um plano traçado para mais tarde poder extorquir-lhe dinheiro?”, pode ler-se no texto assinado por Vera Sacramento, que defende que o “público quer saber, exige saber,” o que se passou naquela noite em junho de 2009 “e não há cá tempo para esperar por investigações”.

Para além disso, a autora da crónica escreve que “ninguém sabe, a não ser, naturalmente, os dois protagonistas desta história” e que “é óbvio que é difícil imaginar que Cristiano Ronaldo, ídolo nacional e referência para jovens de todo o mundo, tenha forçado Kathryn Mayorga a ter sexo, sem o seu consentimento, pagando-lhe depois para a manter calada”.

Recorde-se que Rita Ferro Rodrigues, responsável pela Associação Capazes é amiga próxima da família Aveiro, incluindo de Cristiano Ronaldo. A apresentadora não se manifestou no site da associação sobre o assunto.

“Agora controlas a tua “sede de sangue” não é Rita [Ferro Rodrigues]? É teu amigo… Não tiveste essa atitude em muitos outros casos, quando acusaste pessoas de várias coisas e opinas sem sentido nenhum, que vergonha, isto não representa qualquer mulher, vocês dizem o que vos convém”, critica uma utilizadora das redes sociais enquanto outro seguidor acusa as Capazes de “desonestidade intelectual grosseira” que “envergonha todas as mulheres que lutam por um tratamento igualitário” por Cristiano Ronaldo se tratar “de um amigo da Rita Ferro Rodrigues, deixemos a justiça seguir o seu caminho, certo? Qualquer outro homem seria enxovalhado nas mesmas circunstâncias”. Em menos de um dia, a publicação somava já 226 comentários e 75 partilhas.

No decorrer do movimento #metoo, as Capazes têm manifestado a sua opinião sobre as sucessivas denúncias de abusos sexuais. Num artigo datado de 20 de novembro de 2017, Susana Mourão enumera os vários casos de denúncias, desde o produtor Harvey Weinstein até ao ator Kevin Spacey, passando por figuras de outras áreas como o desporto, a moda – onde é incluída Sara Sampaio, que denunciou a revista Lui por ter usado fotografias comprometedoras mesmo depois de a modelo ter pedido expressamente para não serem publicadas –, política e media. Apesar de não haver uma culpabilização dos agressores diretamente, também não é colocada a hipótese do contrário.


Deixe o seu comentário

Leia também

Notícias relacionadas
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE