Rui Rio em vantagem para liderança do PSD

Rui Rio tem 11 pontos de vantagem sobre Paulo Rangel quando se questiona os portugueses sobre quem será o vencedor para liderar o PSD

Rui Rio - PSD
Autor: Vítor Santos | 7 de Novembro de 2021

Paulo Rangel levou a melhor no conselho nacional do PSD ao ver aprovada a sua proposta para que as eleições diretas sejam a 27 de novembro e não 20 como sugeriu Rui Rio. Mas, de acordo com uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias, Diário de Notícias e TSF, Rui Rio é o candidato mais bem colocado nas eleições para a liderança do partido.

Rio tem 11 pontos de vantagem sobre Paulo Rangel quando se questiona os portugueses sobre quem será o vencedor das diretas, embora apenas os militantes do PSD possam votar nestas eleições (e só os que tenham as quotas em dia, porque a proposta de Rui Rio para abrir os cadernos eleitorais foi chumbada ontem). Mas se a pergunta for direcionada apenas a pergunta for feita aos eleitores social-democratas então a vantagem aumenta para 23 pontos.

A sondagem realizada entre 28 e 31 de outubro, já depois do chumbo do Orçamento do Estado e de saber que isso conduziria a eleições antecipadas, embora Marcelo Rebelo de Sousa ainda não tivesse anunciada a data de 30 de janeiro, revela ainda que a maior vantagem de Rio sobre Rangel é ao nível da influência política (tem mais 17 pontos, 21 se a análise se restringir aos potenciais eleitores social-democratas) e da solidariedade/proximidade às pessoas (Rio tem 14 pontos de vantagem sobre o incumbente, 27 no partido). Mas a margem é mais estreita ao nível da competência: oito pontos entre o eleitorado em geral e 19 pontos entre os que dizem votar no PSD.

Leia também