Israel atira a matar contra protesto

Ao fim do dia de ontem, primeiro sob o sol morno da primavera e, em seguida, debaixo do fumo, fogo e balas israelitas, 52 palestinianos foram abatidos na Faixa de Gaza protestando, acima de tudo pacificamente, contra a ocupação de territórios que consideram seus e que há 70 anos, nos dias quase coincidentes da fundação […]