Tiroteio no You Tube

Publicado por Vítor Santos em 3 de Abril de 2018 | 22:20

EUA: Tiroteio na sede da tecnológica You Tube faz quatro feridos. Uma mulher, que se presume ser a autora dos disparos, foi encontrada morta com… [ ]

EUA: Tiroteio na sede da tecnológica You Tube faz quatro feridos. Uma mulher, que se presume ser a autora dos disparos, foi encontrada morta com “um ferimento auto-infligido


Um tiroteio na sede da YouTube, no norte da Califórnia, levou à intervenção da polícia e de equipas médicas esta terça-feira. Um balanço feito pela polícia local confirma a existência de quatro feridos. Uma mulher, que se presume ser a autora dos disparos, foi encontrada morta com “um ferimento auto-infligido”.

Relatos de tiros junto da sede da empresa YouTube, em San Bruno, no estado da Califórnia (costa oeste dos Estados Unidos), espoletaram a intervenção da polícia e de equipas médicas esta terça-feira. Por volta das 14:38 (22:38 em Lisboa), as autoridades locais diziam aos jornalistas que pelo menos quatro pessoas ficaram feridas no incidente que ocorreu por volta das 13:00.

Uma mulher, que se presume ser a autora dos disparos, foi encontrada morta com “um ferimento auto-infligido”, disse o responsável pela polícia de San Bruno, Ed Barberini.

O porta-voz do Hospital de San Francisco, Brent Andrew, afirmou que receberam três feridos, um homem de 36 anos em estado crítico, uma mulher de 32 anos em situação grave e uma mulher de 27 anos em situação estável.

O mesmo responsável referiu que estão a aguardar a chegada de mais pacientes, mas revelou que não tem informações sobre a sua condição.

A polícia de San Bruno, via Twitter, aconselhou as pessoas a manterem-se afastadas da zona, acrescentando que já tem efetivos na área.

A Google, dona da YouTube, disse, citada pela BBC, que está a investigar um eventual “incidente com armas de fogo”.

Um dirigente autárquico, Connie Jackson, afirmou que tem havido múltiplos telefonemas para o número de urgência, a dar conta de disparos e que a polícia e os bombeiros já responderam.

Na rede social Twitter, as autoridades locais confirmavam estar a tomar conta de uma ocorrência numa morada que corresponde à da sede da empresa, que detém um dos principais ‘sites’ de partilha de vídeos na Internet. Mais tarde, a polícia de San Bruno acrescentou tratar-se de “um atirador ativo”, no cruzamento das ruas em que se encontra a sede do YouTube.

Deixe o seu comentário

Siga-nos através das redes sociais

últimas
Notícias Relacionadas
Leia também