Ventiladores comprados pelo Estado não estão nos hospitais

Covid-19: Centenas de ventiladores comprados pelo Estado ainda não estão nos hospitais e nem sequer chegaram a Portugal. Os que existem não funcionam

Autor: Vítor Santos | 14 de Dezembro de 2020

Há centenas de ventiladores comprados pelo país que ainda não chegaram aos hospitais. Segundo avança a TSF, citando um relatório entregue no início do mês no Parlamento, apenas foram distribuídos pelos hospitais 797 ventiladores dos cerca de 1.200 ventiladores comprados pelo Estado, ficando a faltar mais de 400.

Alguns desses equipamentos nem sequer chegaram a Portugal, “devido a constrangimentos resultantes da forte procura por este equipamento, o que provocou escassez nos mercados”, indicou o Ministério da Saúde em resposta à rádio.

Adicionalmente, 253 ventiladores encontram-se em território português, mas não podem ainda ser usados pelos hospitais por falta de uma peça. Esta situação tinha já sido apresentada ao Parlamento em novembro, mas o problema mantém-se.

Trata-se de “uma espécie de tomada/adaptador” que se liga à rede de oxigénio e é adquirido em separado. Por isso, estes ventiladores estão a ser distribuídos “à medida que as peças vão sendo fornecidas e de acordo com as necessidades reportadas pelos hospitais”.

Leia também