Volt entrega lista de candidatos por Santarém

O mais recente partido português, Volt entrega lista de candidatos por Santarém às Eleições Legislativas a terem lugar em janeiro

Volt - Santarém
Autor: MTV Redação | 20 de Dezembro de 2021

O mais recente partido português, Volt, entregou hoje, segunda-feira, dia 20, a lista de candidatos às Eleições Legislativas 2022, no Tribunal de Santarém.

O Volt, além do distrito de Santarém, apresenta listas próprias em outros 18 círculos eleitorais, excepto o de Bragança, Castelo Branco e região autónoma da Madeira.

O cabeça-de-lista do Volt pelo círculo eleitoral de Santarém é Misha (Mykhaylo) Shemliy, de 22 anos, aluno do Instituto Politécnico de Tomar, do curso Gestão de Empresas, que foi também o candidato pelo Volt à Câmara Municipal de Tomar nas últimas Eleições Autárquicas de 2021.

Segundo nota chegada à nossa redação, Volt apresenta em Santarém uma equipa de candidatos jovens e preparados para potenciar o distrito e a sua relevância no panorama nacional.

Esta candidatura europeísta, progressista e pragmática irá lutar por um distrito e país que ouve os seus cidadãos, le-se na referida nota.

O Volt apresenta, entre as suas propostas, a criação de regiões administrativas e a reforma eleitoral de forma a valorizar o interior do país. Defende a igualdade nas licenças de parentalidade, creches e jardins-de-infância gratuitos, a digitalização da administração pública, assim como maior transparência nas mesmas, reduzir as listas de espera na saúde e investir na formação das forças policiais.

O partido pretende ainda combater a corrupção criando, por exemplo, um sistema de delação premiada, harmonizar as leis laborais com a Europa, reduzir de taxa de referência do Imposto sobre Rendimentos de Pessoas Coletivas (IRC) para 20% e acabar com todos os subsídios para combustíveis fósseis.

O Volt já tem um eurodeputado no Parlamento Europeu, Damian Boeselager, eleito pelo Volt Alemanha nas eleições de Maio de 2019, tem três deputados no parlamento dos Países Baixos, dois deputados no parlamento da Bulgária e vários eleitos locais em Estados europeus, incluindo em Portugal. O Volt Portugal tem participado em todas as Assembleias Gerais europeias desde a sua fundação, em Amesterdão, Roma, Sófia e organizou a última que teve lugar em Lisboa.

O que é o Volt?

O Volt é um partido pan-europeu, progressista e pragmático, que foi lançado como movimento em Março de 2017, em reação ao Brexit e contra os populismos, os extremismos e os nacionalismos, contando com milhares de membros e apoiantes em toda a Europa. Em Portugal surgiu em 28 de dezembro de 2017 e foi oficializado como partido político pelo Tribunal Constitucional em 25 de junho de 2020.

Qual é a visão do Volt?

O Volt pretende uma Europa verdadeiramente unida, democrática, solidária e inclusiva, que valorize os seus cidadãos. Uma Europa que permita a cada uma e a cada um de fazer parte da solução em relação aos desafios da atualidade. Defendemos uma União Europeia federal, com um presidente e governo eleitos, bem como uma mais consistente integração política, social e económica.

Quais são os valores do Vol?

A dignidade humana, a igualdade de oportunidades, a liberdade, a sustentabilidade, a justiça e a solidariedade. Não somos de esquerda nem de direita, estamos focados em encontrar as melhores soluções para todos os cidadãos. Apresentamos propostas com base em boas práticas e evidência científica.

Leia também